quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

PIRENÓPOLIS & FRAGMENTOS POÉTICOS...




Arvírtua

As árvores se despem
de um tempo passado,
de onde querem
um tempo sem atraso.


O começo arvirtuoso
de um dia incomum.
É que nasce um rosto
em tempo algum.


Se os dias são os mesmos,
tenho que correr.
Não existe contratempo,
em um certo momento... irei morrer.


Deixarei meu gosto...
Em chuvas e temporais,
o mundo nos olha!
Somos todos iguais.


A vida passa lá fora,
eu olho pela janela.
Existe talvez, agora,
uma porta entreaberta.


Passarei por cálidos tempos,
aprenderei a viver.
Temos sofrimentos...
para um dia amadurecer...
 
Autor - Alen Guimarães


O Poema

O Poema será

a única verdade

para o silêncio do vazio.

Asas soltas...

Flores em destinos,

sabedoria, primavera, tempo...

Para o princípio do hoje!?!

Festas, festas, festas...

Borboletas, abelhas, esquecimento...

Autor - Alen Guimarães
 

Lembranças

Vivo sozinho!
Estou sempre a lembrar.
Já se foram!
Meus amores e amigos.
Fico a contemplar...

As fotografias felizes...
Todas empoeiradas.
Fico em dúvida...
Será esta a minha estrada?
Isto foi um sonho?
Às vezes, sinto-me infeliz,
quebram-se os encantos...

Quero ouvir as vozes...
A casa em festa,
não parávamos de dançar.
No lugar da tristeza, havia vida!
Para nuances do amar.

Hoje, o que vejo
são portas que rangem...
presas ao momentâneo tempo...

Vejo um hoje,
com flores de um ontem,
com perfumes de um amanhã...

Mas o que tenho...
são folhas secas,
que o outono trouxe...

Alen Guimarães - Jornalista & Fotógrafo Profissional

Poemas do Livro - Mosaico de Sonhos (Livro esgotado)

A vida é uma chegada... uma espera... e sempre uma partida...

Renove seu dia!!! Renove seus sonhos...

Dance na chuva!!!

Seja Feliz!

Programa de Rádio em Lisboa sobre o meu livro - Mosaico de Sonhos.

http://www.estudioraposa.com/index.php/14/02/2008/lugar-083-alen-guimaraes/  

Minha Página no Facebook...

https://www.facebook.com/Poetadosventos?ref=hl

domingo, 23 de janeiro de 2011

VIII ENCONTRO DOS POVOS DO GRANDE SERTÃO VEREDAS - MINAS GERAIS


Caminho... Caminho...


Sem palavras... Grande Pessoa... Ilustre Mestre do Pife...


Reunir sentimentos... 


 Cortejo... Vamos iniciar os trabalhos...


 Tocar uma viola... Um Pife...


A festa vai começar...  

   
A cidade ficando animada!!!


 Acordar o povo... Reunir pensamentos... Dar boas risadas...


 A força do sorriso e a energia da história... Bote tudo isso!!! Na memória!!!


Fluir energia...


 A brincadeira não pode parar...


 A felicidade estava no ar !!!


Cada descoberta!!!


Rasgar o sillêncio com o riso!


Grandes artistas de Brasília!!!

 

A tarde ficando poética!!!


As crianças felizes!!!

 


E no outro dia... Mais surpresa!!!

 

A união faz a força... Reunir pensamentos... Divulgar o que acreditamos!!!


Antes das apresentações...

Ternura...


Lendas... Confins... Amo tudo isso...


Uma flor para o cabelo Juvelina vai cantando... Segredo em harpa de corda e violino... Portas e  janelas abertas... Destinos... Preparativos...


Apresentação do Quarteto Capivara ... as Juvelinas... Alen Guimarães... A junção da galera... Fez a energia fluir...


Nos batuques de minha terra!!! Levanto poeira de idéias...

Rafa mandando ver na gayta!


Viver é ser vento que arrasta folhas e pensamentos... Poetar é ser movimento na junção das virtudes do coletivo em um singular plural... Brincadeiras de roda... Cantigas... Sonhos... Tanta coisa... rsrsrsrs 


Juvelinas & Mestre Zé !


Cada artista em seu sonho e cada sonho em um mesmo céu!


Tanta coisa boa!

Tanta felicidade!


E o som fluindo!

O meu respeito!


A dança...


O fluir de pensamento...



Cantos e encantos!



Tocando almas...



A dança continua...



Tambores...


Violinos...



Afinidades...

Pensamentos!

Mestre Zé!

Juvelinas...

Público em festa!


Tanta gente de se perder vista...

Uma canção...

Movimento dos sonhadores em canção...

O olhar é inesquecível... Vivemos eternidades em instantes que se vão... E ficam na lembrança...



Ciranda!


Larear larará... Mestre Zé vai tocar... E com as Juvelinas encantar...

Momentos...

 


Mestre Zé do Pife... Dona Pretinha da Sanfona... Dalva.



E toca...


Poética Musical...

Energia... Alegria... Sonhos... Concretização...



Fluir um som e tocar um tom nas almas...




O estalar do som...



Os cantos!!!


O colorido dos sonhos e dos panos que enfeitam o tempo...



Hora de ir embora!!!


Querendo pegar o sol!!!


Em uma cidade no Grande Sertão Veredas... Rimas e cantorias...

Animar quem espera...

Chegada em Brasília!!! Todo mundo feliz!!!


 Recordar é viver duas vezes... Rsrsrsrsrs

Alen Guimarães - Jornalista & Fotógrafo Profissional 



***


Juvelinas e Mestre Zé do Pife