quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

PIRENÓPOLIS & FRAGMENTOS POÉTICOS...




Arvírtua

As árvores se despem
de um tempo passado,
de onde querem
um tempo sem atraso.


O começo arvirtuoso
de um dia incomum.
É que nasce um rosto
em tempo algum.


Se os dias são os mesmos,
tenho que correr.
Não existe contratempo,
em um certo momento... irei morrer.


Deixarei meu gosto...
Em chuvas e temporais,
o mundo nos olha!
Somos todos iguais.


A vida passa lá fora,
eu olho pela janela.
Existe talvez, agora,
uma porta entreaberta.


Passarei por cálidos tempos,
aprenderei a viver.
Temos sofrimentos...
para um dia amadurecer...
 
Autor - Alen Guimarães


O Poema

O Poema será

a única verdade

para o silêncio do vazio.

Asas soltas...

Flores em destinos,

sabedoria, primavera, tempo...

Para o princípio do hoje!?!

Festas, festas, festas...

Borboletas, abelhas, esquecimento...

Autor - Alen Guimarães
 

Lembranças

Vivo sozinho!
Estou sempre a lembrar.
Já se foram!
Meus amores e amigos.
Fico a contemplar...

As fotografias felizes...
Todas empoeiradas.
Fico em dúvida...
Será esta a minha estrada?
Isto foi um sonho?
Às vezes, sinto-me infeliz,
quebram-se os encantos...

Quero ouvir as vozes...
A casa em festa,
não parávamos de dançar.
No lugar da tristeza, havia vida!
Para nuances do amar.

Hoje, o que vejo
são portas que rangem...
presas ao momentâneo tempo...

Vejo um hoje,
com flores de um ontem,
com perfumes de um amanhã...

Mas o que tenho...
são folhas secas,
que o outono trouxe...

Alen Guimarães - Jornalista & Fotógrafo Profissional

Poemas do Livro - Mosaico de Sonhos (Livro esgotado)

A vida é uma chegada... uma espera... e sempre uma partida...

Renove seu dia!!! Renove seus sonhos...

Dance na chuva!!!

Seja Feliz!

Programa de Rádio em Lisboa sobre o meu livro - Mosaico de Sonhos.

http://www.estudioraposa.com/index.php/14/02/2008/lugar-083-alen-guimaraes/  

Minha Página no Facebook...

https://www.facebook.com/Poetadosventos?ref=hl

5 comentários:

Glauber Vieira disse...

Ô que saudade de Pirenópolis... essa fotos me transportaram pra lá... Os textos também combinam bem com essa recordação. Abraço!

Achados e Vestidos disse...

Adorei seus poemas, Alen! E as fotos, nem se fala, são poéticas e dizem muito do que você expressa em sua poesia, beijos

Achados e Vestidos disse...

Achados e vestidos é meu, sou a MONICA MAFRA, ok? Não sabia que ia sair o comentário como sendo do blog... abraços

Raphaella Kaoana disse...

Que lindo o poema!! Amo poemas, às vezes faço algum.. =)

Por enquanto estou apenas fazendo críticas a livros, se quiser sugerir algum ^^ bjsss e para parabéns mesmo, vc tem talento!!

Edinar Corradini disse...

Amei seu trabalho POÉTICO lindo viajar nas suas pelavras inspiração que só a sensibilidade de um poeta pode fazer brotar na nossa alma toda beleza que atrai o coração que ama POESIA. UM abraço carinhoso e Beijos de muita Luz sempre nos teus passos poéticos e na tua Arte. Edinar CLAUSSEN Corradini